Vários Autores - A Caverna dos Magos pdf

 Vários Autores - A Caverna dos Magos 



O MUNDO DA MAGIA

Se um dia você for à pequena aldeia de Cader Idris, em Corris, no vale das

grandes montanhas Welsh, encontrará a entrada de algumas cavernas

enormes, conhecidas como Labirinto do Rei Arthur. Em seu interior, está

sentado um menino mago chamado Myrddin, popularmente conhecido

como Merlin, que uma vez profetizou a chegada do guerreiro rei Arthur e

previu a batalha entre um dragão branco e um dragão vermelho pelo futuro

da nação galesa. O menino, de aparência inteligente e cabelo louro, em sua

túnica de tecido de saco, não é real, claro, e sim um modelo aparentemente

vivo de um dos muitos magos que, durante gerações, praticaram a sua

antiga arte da magia.

Porque, acredite, os magos são reais e não apenas personagens

imaginários das mentes de contadores de histórias como T. H. White, J. R.

R. Tolkien e, mais recentemente, J. K. Rowling. Fato é que os magos têm

estado por aí há séculos. Na Bíblia, no Capítulo 19 de Isaías, eles são

chamados de “feiticeiros”, e você pode encontrá-los também nos poemas de

John Milton, que mencionam “magos com estrelas reluzentes... exalando

doces odores”, e na peça de Shakespeare A tempestade, apresentando o

mago Próspero. Na maioria das vezes, são descritos como homens mais

velhos: altos, com barba, cabelo ondulado, vestindo longos mantos

decorados com símbolos místicos e segurando bastões mágicos. Também

existem as mulheres feiticeiras, conhecidas como magas, e uma, muito

famosa, é mencionada por Percy Shelley em seu livro de fantasia A bruxa

de Atlas com as seguintes palavras: “Todos os dias aquela senhora maga

sentava-se reservadamente, decifrando rolos de Venerável antigüidade.”

Não obstante, cada uma daquelas pessoas começou o aprendizado da magia

quando ainda jovem, e não poucas, subseqüentemente, se tornaram o foco

de mitos e de lendas, bem como de inspiração para contos. No passado,

sempre se falava a respeito desses fazedores de magias em sussurros, numa

mistura de temor e respeito; hoje, eles talvez sejam mais conhecidos como

“magos”.

Então, o que é um mago? Segundo os dicionários, são pessoas

conhecedoras das artes ocultas e que praticam a magia e a feitiçaria.

Também são sábios, podem ver o futuro e hipnotizar pessoas comuns.

Foram instruídos na magia e nos encantamentos e usam uma linguagem

característica, muito diferente das expressões comuns freqüentemente

associadas à magia, como Abracadabra! e Abre-te, Sésamo! Os magos

vivem em um mundo em que praticamente tudo é possível: conseguem

alterar a própria aparência — uma habilidade conhecida como “mutação de

forma”—, transfigurar todos os tipos de objetos inanimados e até se tornar

invisíveis. Podem ver fantasmas, evocar poderes sobrenaturais e criar

enorme felicidade ou pôr em prática uma terrível vingança. Mas os magos

não são maus. Apesar de alguns deles terem cedido às tentações e feito mau

uso desses poderes, não os usam necessariamente para infligir danos.

Embora possam fazê-lo, ao lutar contra pessoas más e criaturas mortais ou

quando envolvidos em batalhas contra as forças das trevas.

Um dos primeiros livros de contos sobre magos foi O mago

desmascarado, escrito em 1652.

Ninguém sabe quem foi o seu autor, mas, acredita-se, pode muito bem

ter sido um mago, considerando o conjunto de informações que o livro

contém acerca da arte secreta. Ele até apresenta a lista de alguns magos

sobre os quais se comentava que faziam magia em Londres naquela época.

Havia o “homem astuto” em Bankside, um “mago peludo” em Pepper Alley

e o “doutor Forman”, com as suas “bochechas de gaita-de-foles” em

Lambeth. Ainda mais intrigante eram a mãe Broughton, em Chick Lane, e o

jovem mestre Oliver, que vivia em Turnbull Street. Ele, obviamente, foi um

bom discípulo e aprendeu a arte da magia com mais rapidez do que a

maioria. Embora pouco se saiba sobre Gliver além de seu nome, ele fez

parte de uma tradição antiga e foi precursor de alguns jovens magos

mencionados neste livro.


Download

Ahmed Zayed

Hello all My name is Ahmed Zayed I am Egyptian.I am very interested about languages, animals,Drawing,Comics and history also I like to write a short stories about our lives I am writing because I would like to share what I am thinking about with people who even far from me and for me this the way that people can communicate so finally I could bring my books over here I wish that every one will read will like and I will support u with many more books I am waiting for your feed back

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem