Umberto Eco - O nome da rosa pdf

 Umberto Eco - O nome da rosa pdf


 



INTRODUÇÃO
BIBLIOGRAFIA SELECIONADA
CRONOLOGIA
Um manuscrito, naturalmente
PRÓLOGO
PRIMEIRO DIA
Prima. Onde se chega aos pés da abadia e Guilherme dá provas de grande
argúcia
Terça. Onde Guilherme tem uma instrutiva conversa com o Abade
Sexta. Onde Adso admira o portal da igreja e Guilherme reencontra Ubertino de
Casale
Por volta da noa. Onde Guilherme tem um doutíssimo diálogo com Severino
herborista
Após a noa. Onde se visita o scriptorium e se fica conhecendo muitos estudiosos,
copistas e rubricadores além de um velho cego que espera pelo Anticristo
Vésperas. Onde se visita o resto da abadia, Guilherme tira algumas conclusões
sobre a morte de Adelmo, fala-se com o irmão vidreiro sobre vidros para ler
e de fantasmas para quem quer ler demais
Completas. Onde Guilherme e Adso gozam da alegre hospitalidade do Abade e
da conversa ressentida de Jorge
SEGUNDO DIA
Matinas. Onde poucas horas de mística felicidade são interrompidas por um
evento muito sangrento
Prima. Onde Bêncio de Upsala confia algumas coisas, outras são confiadas por
Berengário de Arundel e Adso aprende o que é a verdadeira penitência
Terça. Onde se assiste a uma rixa entre pessoas vulgares. Aymaro de Alexandria
faz algumas alusões e Adso medita sobre a santidade e sobre o esterco do
demônio. Depois Guilherme e Adso voltam ao scriptorium. Guilherme vê
algo interessante, tem uma terceira conversação sobre o caráter lícito do
riso, mas em definitivo não pode olhar onde quer
Sexta. Onde Bêncio faz um estranho relato do qual se apreendem coisas pouco
edificantes sobre a vida da abadia
Noa. Onde o Abade se mostra orgulhoso das riquezas de sua abadia e temeroso
dos hereges, e por fim Adso desconfia ter feito mal em vagar pelo mundo
Depois das vésperas. Onde, malgrado a brevidade do capítulo, o ancião Alinardo
conta coisas bastante interessantes sobre o labirinto e sobre o modo de
nele penetrar
Completas. Onde se entra no Edifício, se descobre um visitante misterioso, se
encontra uma mensagem secreta com signos de nicromante, e
desaparece, mal encontrado, um livro que será procurado, em seguida, por
muitos outros capítulos, nem será a última vicissitude o furto das preciosas
lentes de Guilherme
Noite. Onde finalmente se penetra no labirinto, tem-se estranhas visões e, como
acontece nos labirintos, fica-se perdido nele
TERCEIRO DIA
De laudes a prima. Onde se encontra um pano sujo de sangue na cela de
Berengário desaparecido, e é tudo
Terça. Onde Adso no scriptorium reflete sobre a história de sua ordem e sobre o
destino dos livros
Sexta. Onde Adso ouve as confidências de Salvatore, que não podem ser
resumidas em poucas palavras, mas que lhe inspiram muitas preocupadas
meditações
Noa. Onde Guilherme fala a Adso da grande corrente heretical, da função dos
simples na igreja, de suas dúvidas sobre o conhecimento das leis gerais, e
quase num parêntese conta como decifrou os signos nicromânticos
deixados por Venâncio
Vésperas. Onde ainda se fala com o Abade, Guilherme tem algumas idéias
mirabolantes para decifrar o enigma do labirinto, e consegue isso do modo
mais sensacional. Depois se come pastelão de queijo
Depois das completas. Onde Ubertino conta a Adso a história de frei Dulcino,
outras histórias Adso relembra ou lê na biblioteca por sua conta, e depois
acontece-lhe ter um encontro com uma moça bela e terrível como um
exército a postos para a batalha
Noite. Onde Adso, transtornado, se confessa com Guilherme e medita sobre a
função da mulher no plano da criação, depois porém descobre o cadáver
de um homem

Download pdf 

Ahmed Zayed

Hello all My name is Ahmed Zayed I am Egyptian.I am very interested about languages, animals,Drawing,Comics and history also I like to write a short stories about our lives I am writing because I would like to share what I am thinking about with people who even far from me and for me this the way that people can communicate so finally I could bring my books over here I wish that every one will read will like and I will support u with many more books I am waiting for your feed back

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem