Deepak Chopra e Leonard Mlodinow - Ciência x espiritualidade pdf

 Deepak Chopra e Leonard Mlodinow - Ciência x espiritualidade pdf 



PREFÁCIO
Nada é mais misterioso que o ponto de vista de outra pessoa. Cada um de nós
tem uma perspectiva. Acreditamos que nossa visão de mundo expressa a
realidade. Os ameríndios do sudoeste dos Estados Unidos viajavam centenas
de quilômetros para caçar bisontes, mas jamais comiam os peixes dos riachos
locais. Do ponto de vista deles, os peixes eram os espíritos de seus ancestrais
mortos. No Velho Testamento, o sacrifício de animais realmente mitigava a ira
de Deus. Para o povo romano, era mesmo possível ler o futuro nas entranhas
de uma galinha. Os antigos gregos consideravam uma realidade o fato de que
a moral de cada um permitisse ter escravos, de que houvesse muitos deuses,
para o amor, a beleza, a guerra, o mundo subterrâneo, a caça, a colheita, o
mar.
O que acontece, então, quando duas visões de mundo se chocam? Em 399
a.C., três cidadãos de Atenas acusaram Sócrates de não reconhecer os deuses
tradicionais e propor novas divindades (foi incriminado também por
corromper os jovens). A pena para esse choque de visões de mundo, ou de
deuses, era a morte. Durante o julgamento, Sócrates recusou-se a abjurar para
escapar da sentença de culpado, tida como certa. De acordo com Platão, ele
teria dito: “Enquanto eu respirar e conservar minhas faculdades, não cessarei
de praticar a filosofia.” Infelizmente, em muitas partes do mundo atual, esse
tipo de colisão de pontos de vista ainda provoca violência e morte.
Este livro versa sobre um choque de visões de mundo, mas não haverá
troca de golpes. A ideia surgiu quando dois estranhos se encontraram num
debate televisado sobre “o futuro de Deus”. O cenário era um auditório do
Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), e a plateia se compunha de
muitos estudantes e cientistas, mas também de leigos, inclusive admiradores
locais de Deepak. Cada pessoa tinha suas próprias convicções pessoais – sem
dúvida algumas eram religiosas –, mas também suas visões de mundo, algo
muito mais profundo que a fé.
No debate da Caltech, Deepak se apresentou como defensor de uma visão
de mundo em geral conhecida como espiritualismo. Um dos temas versava
sobre as noções da física, e, no período de perguntas e respostas, Deepak
indagou: “Temos algum físico na casa?” Nem Leonard nem qualquer outro
responderam. Mas, depois do debate, o moderador, sabendo que Leonard era
físico, chamou-o da plateia a fim de formular uma pergunta para Deepak. Em
vez de interrogá-lo, Leonard se ofereceu para lhe ensinar física quântica.
Deepak aceitou – ao fundo, ouviu-se um misto de risos e aplausos. Quando
começaram a conversar, descobriram que suas visões de mundo eram muito
discordantes. Ao perceber a profundidade do choque, decidiram expor isso em
um livro.
A ciência pôs a humanidade no caminho da descoberta dos segredos da
natureza, de dominar suas forças e desenvolver novas tecnologias usando a
razão e a observação – em lugar de uma trajetória emocional – como
ferramentas para revelar a verdade das coisas. A espiritualidade se orienta para
uma região invisível e transcendente, interna ao indivíduo. A ciência estuda o
mundo tal como ele se oferece aos nossos cinco sentidos e ao cérebro,
enquanto a espiritualidade considera que o Universo tem um projeto e é
dotado de significado próprio. Na visão de Deepak, o grande desafio da
espiritualidade é oferecer algo que a ciência não pode dar – em especial,
respostas que estão no domínio da consciência.
Qual dos pontos de vista está correto? Será que a ciência descreve o
Universo, ou será que ensinamentos antigos, como a meditação, revelam
mistérios que estão além da perspectiva científica? Para descobrir isso, este
livro aprofunda o choque de pontos de vista em três níveis: o cosmo, ou
Universo físico, a vida e o cérebro humano. No fim, será analisado também o
mistério maior, Deus. Em “O cosmo”, o debate é sobre a origem do Universo,
sua natureza e para onde ele vai. Em “Vida”, discuti-se evolução, genética e
origem da vida. “Mente e cérebro” aborda a neurociência e enf renta todas as
questões sobre a mente e o corpo. E “Deus” refere-se não só a uma divindade
reguladora, como também ao conceito mais abrangente de uma presença
divina no Universo.
Este livro abrange dezoito tópicos, no total, com ensaios dos dois autores.
Cada pensador contou seu lado da história, um tema de cada vez. Porém, em
cada tópico, quem escreveu depois fez isso com o texto do outro à mão,
sentindo-se à vontade para apresentar uma réplica. Como as réplicas tendem a
convencer as plateias, buscou-se ser justo sobre quem teria essa vantagem.
Nós dois estamos convencidos dos pontos de vista que representamos.
Escrevemos de maneira impetuosa, porém cortês, para definir a verdade da
forma como a vemos. Não é possível ignorar a questão a respeito de como
perceber o mundo. O melhor que podemos fazer – tanto os autores quanto os
leitores – é entrar na contenda. O que poderia ser mais importante?
DEEPAK CHOPRA
LEONARD MLODINOW

Download pdf 



Ahmed Zayed

Hello all My name is Ahmed Zayed I am Egyptian.I am very interested about languages, animals,Drawing,Comics and history also I like to write a short stories about our lives I am writing because I would like to share what I am thinking about with people who even far from me and for me this the way that people can communicate so finally I could bring my books over here I wish that every one will read will like and I will support u with many more books I am waiting for your feed back

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem